31 de outubro de 2012

Noto que o meu curso, ciências e tecnologias, é extremamente complicado.
Não sou de ideias fixas, talvez seja por isso que sou boa a Filosofia, mas gostava muito de ter algo que me fizesse sentir concretizada no futuro.
Tinha a ideia do Design de Moda, elevadas expectativas sobre isso até.
Fui levada pelo que o meu pai achava mais correto (sempre riscou a ideia de ter uma filha estilista), deixei-me estar na escola e fui para um curso que supostamente me vai dar um canudo, ou seja um curso superior, tipo médica, engenheira, professora, aquilo que o meu pai mais queria. Não rejeito Pediatria, acho interessante e dinâmico. Mas é um longo caminho pela frente e ás vezes (quase sempre) duvido das minhas capacidades.
Tenho medo daquilo que me espera, os resultados que já me chegaram não são de longe de deitar fora, mas também não são suficientes para aquilo que o meu pai, mais que eu, quer.
Sinto que estou a perder tempo, porque o meu sonho era realmente outro.

2 comentários:

Rita Carvalho disse...

Também já pensei assim.

Lembra-te que hoje em dia há imensos workshops, montes de cursos e coisas do género que podes frequentar para além dos estudos. Quando realmente queremos uma coisa, fazemos os possíveis para a obter, mesmo que implique esforços adicionais

Marcela disse...

Acho que devias falar com o teu pai e dizer-lhe que não estás bem no curso que estás.