28 de outubro de 2012

Sabes, meu amor?
Foi um ano tão curto, para umas almas tão grandes que sentem a necessidade de se completarem mais a cada olhar e sorriso que trocam . Seja longe ou perto , seja  aqui ou ali . Metade de mim está contigo e metade de ti está em mim . Não podemos mudar isso, nem agora, nem nunca. Mas cá dentro, posso, (podemos).

sinto saudade, e saudade não é pouca, quando se trata de mim

5 comentários:

martasousa disse...

custa tanto ter saudade!

Algo Estranho... Alguém Diferente! disse...

está simplesmente lindo !

Mary Jane disse...

é mesmo :s

Sara Louro disse...

adorei o teu blog, sigo!*

Ana disse...

não há forma de acabares com essa saudade?