4 de novembro de 2012

É peculiar qualquer gesto ou movimento teu.
Nem toda a gente reconhece facilmente a maneira de tu andares, o movimento dos teus lábios à procura de um sorriso verdadeiro e, ninguém, em particular, conhece os teus verdadeiros sentimentos.
Sou um meio deles.. Porque não um todo? Se sempre soube dar-te um todo de mim.

1 comentário:

Rita Carvalho disse...

Adoro, adoro, adoro, Paulinha